História

Tudo surge devido a uma enorme Paixão pelo mundo vinicola, associando trabalho, gosto. Desde muito cedo criaram vinhos com qualidades, tendo no BUSTO sua principal história.

A escolha da marca BUSTO por parte da empresa à primeira vista poderá não ser imediatamente associada a Região do Douro, mas o objectivo foi fazer referência a imagem do Marquês de Pombal ( figura ícone da Região do Douro por ter sido responsável pela primeira região demarcada do mundo).Nos primeiro vinhos as garrafas no rótulo tinham o Busto do Marquês de Pombal.

Filosofia

A Quinta da Barca, segue a filosofia da sua proprietária ( Maria Helena Sousa Alves)… Paixão, Gosto, Honestidade e Trabalho árduo. Esta Quinta produz seus vinhos com alma e coração, colocando magia em cada um deles. Não fazem vinho por fazer…fazem vinho por prazer!

Para compreender

Quinta da Barca tem já uma história secular para contar. Desde 1897, pelas mãos de Manuel Pereira Alves, que a Quinta da Barca produz verdadeiros tesouros durienses e que a trouxeram para os dias de hoje como uma das Quintas referência da Região Demarcada do Douro.
Localizada em plena Porta do Douro, no Concelho de Mesão Frio, com uma vista privilegiada para o Rio que é D’Ouro, aqui são produzidos verdadeiros néctares da Região Demarcada, aquela que Marquês de Pombal, em 1756, quis que fosse a primeira Região Demarcada do Mundo.
Em 1995, a história da Quinta moderniza-se. Pelas mãos dos seus actuais proprietários, toda a vinha foi restruturada, e assim começa uma nova era para a Barca, que é Quinta, mas que também é Mãe de Vinhos de Excelência.
Em 2005 é apresentado o primeiro vinho. Depois de muito “suor, sangue e lágrimas” a Quinta da Barca lança o BUSTO.
Desde logo, se percebeu que uma nova história tinha iniciado.
O Vinho foi conquistando mercado, sendo, nos dias de hoje, um vinho apreciado por todo o País.
O Busto Tinto traz consigo aromas da Touriga Franca, da Tinta Roriz e da Touriga Nacional, castas que apenas compõem os melhores vinhos da Região Demarcada do Douro. O Branco traz a leveza das castas Viosinho, Malvasia Fina e Côdega do Larinho que, de igual forma, produzem todos os anos Brancos de extrema qualidade.
Em 2011, a Quinta da Barca vê reconhecido o seu trabalho ao conquistar a Medalha de Prata (podendo ver em pdf respectivo), no Concurso Internacional de Vinhos, Espirituosos e Azeites, em Sevilha, Espanha, com o Busto Tinto Reserva 2008, assim como fomos reconhecidos com a Medalha de Ouro ( podendo ver em pdf respectivo) em 2013 No Concurso Mondial de Bruxelles com o BUSTO Reserva 2009.
Abriram-se assim as portas ao mercado externo… hoje, a China, os países da lusofonia, e a Europa, estão desejosos de apreciar estes vinhos, que coabitam de olhos postos no Douro, criando assim a simbiose perfeita entre a vinha, o vinho, o rio e a tranquilidade da Região Demarcada do Douro.